VIDA, CINZAS E NADA

Poema e voz de Euclides Cavaco



Se for vivida sem fé
Jamais faz sentido a vida
Nosso antes e depois é
Cinza nas trevas perdida.

Se assim é…Do nada eu sou
Vida no tempo a passar
Sabendo apenas que vou
Ao mesmo nada voltar.

Não pedi para nascer
Nem sei porque ao mundo vim
Aqui estou sem saber
Quando a vida chega ao fim.

E quando o meu fim chegar
A morte sem ser chamada
Virá p'ra me transformar
Em pó, em cinzas, em nada !...

Euclides Cavaco