Póstumo Tributo

Fernando Maurício
 


Na nossa dor plangente
De mágoa, à despedida
Choramos sentidamente
A tua triste partida...

Tua voz era alegria
Sempre franco e delicado
Difundias simpatia
Quando cantavas o fado.

O fado p'ra ti foi vida
A guitarra companheira
Ao fado deste guarida
Toda tua vida inteira.

O fado iluminaste
Com momentos de glória
Imagens com que marcaste
P'ra sempre a nossa memória.

Chora a Gente portuguesa
Porque o fado está de luto
Ao prestar-te com tristeza
Este póstumo tributo...

Adeus FERNANDO MAURÍCIO
A mágoa, nossa alma invade
Num amargo suplício
Fica a eterna saudade !...

Euclides Cavaco