1/9

Tragédia Nos Açores

Autor: Euclides Cavaco

Intérprete: Miguel

 

As nove ilhas dos Açores

São nove raras flores

Colorindo este jardim

De beleza tão suprema

Cada ilha é um poema

Cheio de encantos sem fim.

 

Mas por destino ou castigo

A tragédia e o perigo

Nossas ilhas assolou

São Miguel mais atingida

Chora ainda entristecida

Quem na desgraça ficou.

 

Bens e casas destruídas

E muitas vidas perdidas

Pelas cheias arrastadas

Só nos resta a Deus pedir

P’ra cedo reconstruir

As nossas ilhas douradas.

 

Que voltem a ter beleza

Para pôr termo à tristeza

Deste povo Açoriano

Deus proteja as nossas ilhas

E preserve as maravilhas

Deste Solo Lusitano !…


 

Euclides Cavaco