Suave Jardim

Eu canto à minha Cidade
De London, meu pergaminho
Que ainda na mocidade
Me acolheu com carinho...

Banhada pelo Tamisa
Cada rua é um jardim
Que exalta e suaviza
As belezas sem ter fim...

Muito tranquila e calma
Da vegetação rainha
Enamorou minha alma
Por isso lhe chamo minha.

Berço de gente famosa
E de artistas de cinema
Eu tenho a missão honrosa
De a cantar neste poema...

Limpa e amena cidade
P'los turistas desejada
P'la sua Universidade
É com Coimbra geminada.

Esta cidade escolhida
Honras se façam mil vezes
Por dar lar, futuro e vida
A milhares de portugueses!...

Euclides Cavaco