SINA OU DESTINO
Autor: Euclides Cavaco
Intérprete: Alfredo Louro



A nossa vida é um fado
E neste fado da vida
Há um caminho traçado
Sem rumo tempo ou medida.

Desconhecido e incerto
Como um virgem pergaminho
Quedando sempre mais perto
O fim do nosso caminho.

Mas caminhamos em frente
Em rumo assaz obscuro
Neste fado persistente
A que chamamos futuro.

Se o fado é sina ou destino
Somos do fado guarida
Num caminhar peregrino
Cumprindo o fado da vida!...

Euclides Cavaco