Rainha do Fado

 

Este é um justo tributo
À voz que o fado dourou 
Portugal ficou de luto
Quando Amália nos deixou.

Toda a pátria portuguesa
A chorou amargamente
Numa profunda tristeza
Que a nossa alma ainda sente. 

Nosso povo comovido
Pelo mundo em qualquer lado
Disse adeus muito sentido 
À grande Diva do fado...

Amália cantou com arte
A Canção Nacional
Levando a toda a parte
O nome de Portugal.

De talento iluminado
Fadista de grande fama
Navegou no mar do fado
Arrojada como o Gama.

Na alma o fado continha
Deu-lhe mérito e grandeza
Ficará dele Rainha
Na memória portuguesa !… 

 

Autor: Euclides Cavaco