Essência dum Poema

Poema e voz de Euclides Cavaco

 

Mais que simples texto em verso

Para ser bem conseguido

P’lo seu contexto disperso

Ter estro e fazer sentido.

 

Não é apenas rimar

Ou a pompa do seu tema

Nem tão só metrificar

Que dão vida a um poema.

 

Tem que haver inspiração

Subtil  e  transcendente

Pra harmonizar emoção

Em quem o lê, ouve e sente.

 

Pode ter da rima ausência

Livre de estilo ou sistema

Mas conter nele a essência

Que dá alma a um poema.

 

Ter estrofes inteirinhas

Que tanjam o sentimento

E ler-se nas entrelinhas

Ao sabor do pensamento.

 

Fechar no  verso  final

Como um bom poema assume

Com  a  chave  literal

Que o seu sentido resume.

 

Numa doce linguagem

Que nos embale em magia

Ao encerrar a mensagem

Que o transforma em poesia.

 

Euclides Cavaco