PERFUME DA AMIZADE
poema e voz de Euclides Cavaco

dedicado a todos os meus amigos

pelo mundo dispersos



Neste meus versos queria
A amizade perfumar
E em jeito de poesia
Aos amigos dedicar.
Belo e nobre sentimento
P'los seres humanos vivido
É da alma o alimento
P'ra dar à vida sentido.

As palavras de amizade
P'los amigos proferidas
São véus de felicidade
Que iluminam nossas vidas.
Quantas vezes terapia
Que enternece o coração
E em centelhas de alquimia
Ameniza a solidão.

A amizade é qual riqueza
De grande preciosidade
É maior que a natureza
Não tem tempo nem idade.
Uma amizade sincera
Não se compra nem se vende
É união que se gera
E uns aos outros nos prende.

Amigos são a família
Que nós seleccionamos
E estão sempre em vigília
Quando deles precisamos.
Que esta força a que me prendo
Com tanta afectividade
Continue sempre mantendo
O PERFUME DA AMIZADE !...

Euclides Cavaco