Ontem

Poema e voz de Euclides Cavaco


Ontem, foi apenas mais um dia que passou
Sem dar por isso, se dele não há lembrança
Mas se dele alguma coisa nos ficou
Que ela seja o alimentar duma esperança.

Ontem, foi apenas mais uma pétala caída
Que mal caiu foi levada pelo vento
Dessa flor que retrata a nossa vida
No seu mais permanente movimento.

Para onde foi cada pétala desfolhada?
Da frágil flor que ainda tem perfume
Porquê ? O vento as levou sem dizer nada.

Bem sei que nada vale o meu queixume
Porque cada ontem, é memória mitigada
Do breve tempo, a que a vida se resume !…

 

Euclides Cavaco