Mulher ... Arauta da Paz

Poema e voz de Euclides Cavaco

 

 

 

Se o mundo fosse regido

Pelas mulheres cá na terra

Ninguém era perseguido

Nem havia tanta guerra.

 

O jugo nunca existia

Nem tanto ódio sem razões

Havia  mais  harmonia

Entre todas as nações.

 

P’ra manter serenidade

A mulher tem mais prudência

Age com docilidade

Sem recurso à violência.

 

Se às mulheres soubessem dar

Mais poder nas decisões

Poder-se-iam evitar

Mais guerras e agressões.

 

A   terra  inteira  teria

Os seus povos mais felizes

Dando às mulheres a chefia

Dos governos dos países.

 

O mundo era um primor

Porque a mulher é capaz

De ser  com  armas de amor

A grande arauta da paz !...

 Euclides Cavaco