Dedicado aos milhares de crianças desprivilegiadas para quem como eu, a infância não sorriu
Autor: Euclides Cavaco     Intérprete: João Balças

O Menino Que Não  Fui

 

Se quando eu vim ao mundo
Fosse por dita oriundo
Duma família abastada
Teria sido menino
E talvez o meu destino
Trilhasse melhor estrada.

Teria um lar de abundância
Brinquedos na minha infância
Como outros da minha idade
Privilégio de brincar
E a virtude de sonhar
Com direito à igualdade.

Não me faltaria o pão
E p'ra cada refeição
Sempre posta a lauta mesa
Seria alguém, tinha nome
Não sabia o que era a fome
Nem conhecia a pobreza.

Não passaria carências
Teria as experiências
Do bom que a vida possui
Quem me dera renascer
Para com direito ser
O menino que não fui !…


Euclides Cavaco