Horizontes de Poesia

Poema e voz de Euclides Cavaco

Horizontes de poesia
Que descobrem universos
São como luz que nos guia
Para dar sentido aos versos.

Horizontes de poesia
Força que da alma emana
Como poder de alquimia
Mais forte que a força humana.

Horizontes de poesia
Que do âmago provém
E o poeta concilia
Para levar mais além.

Horizontes de poesia
Sem dimensão nem limite
Nas estâncias de utopia
Onde quer que o bem habite.

Horizontes de poesia
Que os sentimentos atinge
Negando o que alguém dizia
Que o poeta às vezes finge.

Um poeta NUNCA mente
Apenas tudo extasia
Porque na sua alma sente
Horizontes de poesia !...

Euclides Cavaco