Génio Luso

 

 

Na sua praça imponente
Se ergue a estátua eminente
Do nosso Génio maior
Dono da grande Epopeia
Que a história deixou cheia
De heroicidade e valor.

A sua Gesta imortal
Que tanto honra Portugal
Canta dum povo a raiz
Como Virgílio e Homero
Um épico o considero
O Génio do meu País.

Foi poeta e foi soldado
E sem razão afastado
Da Pátria que tanto amou
Mas um dia ao regressar
Salvou da fúria do mar
A Obra que nos legou.

Nosso povo a dez de Junho
Celebra este testemunho
Que transmite às gerações 
P'los seus feitos e coragem
Prestamos esta homenagem
A Luís Vaz de Camões !...

Euclides Cavaco