FELIZ ANO NOVO



O dois mil e dezassete
Está prestes a chegar
A tradição se repete
No mundo prò celebrar.

É altura de traçarmos
Nossa meta desejada
E felizes saudarmos
Do Novo Ano a chegada.

Erguermos a nossa taça
Como é tradição do povo
Para que cada um faça
O seu brinde ao Ano Novo.

Trocar abraços e beijos
Numa fraterna atitude
Formular veros desejos
De muita paz e saúde.

Desejar boas entradas
P'ra que o ano sucessor
Em venturas consumadas
Em tudo seja melhor.

E num misto de euforia
Vai assim o ser humano
Receber com alegria
O nascer do Novo Ano!...

Euclides Cavaco