O Dinheiro

poema e voz de Euclides Cavaco

É um Deus p'ra alguma gente
Que lhe presta reverência
P'ra outros é evidente
Razão da sua existência...

Das três coisas que há na vida
Saúde, dinheiro e amor
Dinheiro é a preferida
Por muitos como a maior.

Há muita gente no mundo
Que o venera e diviniza
Com um vigor tão profundo
Que se vende e hostiliza.

Por ele há quem faça a guerra
E crie até desavenças
Mate os irmãos cá na terra
Ganhe fama e mude crenças !

Ganham-se e perdem-se amigos
Muita injustiça se faz
Sem meditar nos perigos
Que o dinheiro ao mundo traz.

Qual senhor dos depravados
Que me deixam furibundo
Por serem grandes culpados
Dos males do nosso mundo !...

 

Euclides Cavaco