1/9

Coimbra Eterna Cidade
Autor: Euclides Cavaco 
Intérprete: João Ledo



Ó! Coimbra dos estudantes
E de tricanas formosas,
Onde uma Santa Rainha,
Fez o milagre das rosas.

Ó! Coimbra onde o Mondego,
Sussurra à noite em segredo,
Histórias de amor que ouviu,
Reveladas no Penedo.

Ó! Coimbra dos monumentos,
que viram séculos passar,
Ai se essas pedras velhinhas,
Histórias pudessem contar…

Ó! Coimbra para ti canto,
Por seres tão nobre cidade,
Este poema inspirado,
No Penedo da Saudade !…

Euclides Cavaco