O Canto das Mágoas

Quem canta p'rà afugentar
As penas do coração…
Canta para não chorar
As mágoas que em si vão !…

Simuladas a cantar
Ou ocultas numa graça
Como que num disfarçar
Dizem-se ao vento que passa.

Que canto assaz deprimente
Contra a corrente das águas.
Mera alegria dolente…
O triste canto das mágoas !..

Há mágoas que são segredo
Só p'ra nós e mais ninguém
De as divulgar temos medo
De magoarem alguém !...

As mágoas que a alma sente,
E nunca são reveladas,
Doem mais profundamente,
Por nunca serem cantadas…

Se cantar suaviza as penas
Bendito seja o cantar
Que torna as mágoas amenas
Num leve dissimular !...

Euclides Cavaco