1/5

Cadência da Vida
Poema e voz de Euclides Cavaco

Os dias são simplesmente a contagem
Do tempo que nos falta p'ra viver
Na terra, nesta tão curta passagem
Onde o tempo está sempre a decrescer.

Compreende esta fórmula tão prática
Apenas uma breve operação
Não carece ser mestre em matemática
Ou nutrir doutras artes propensão.

Cada hoje é sempre o primeiro dia
Do resto que nos faltam p'rà partida
Que avançam em constante correria.

E cada dia é fracção subtraída
Deixando sempre menor a quantia
Do resto dos dias da nossa vida !...

Euclides Cavaco