CABO VERDE
Autor: Euclides Cavaco
Intérprete: Ramana Vieira
 

Cabo Verde és aguarela
Prendada no meio do mar
À noite és inda mais bela
Beijada pelo luar.

Tens dez sedutoras ilhas
A dar cor à Natureza
Revelando maravilhas
Cheias de encanto e beleza.

REFRÃO
Ilha de Santa Luzia
São Vicente e Santo Antão
São Nicolau eu queria
Fazer dela uma canção.
Em MORNA contemplava
Boavista, Maio e Sal
Santiago, Fogo e Brava
Onde imperou Portugal.

Os teus ancestrais ilhéus
São eternas sentinelas
Firmes olhando pròs Céus
A contemplar as estrelas.

Cabo Verde, Cabo Verde
Ilhas feitas de poesia
Mar onde a brisa se perde
Perfumando a maresia.

Euclides Cavaco