À Ana Maria Matias
 


Cruzando a teia da net,
Eu encontrei nela há dias,
Uma amante da cultura,
Ana Maria Matias.

Logo fizemos contactos
E o tema foi Portugal,
Com o ponto de incidência,
No seu querido Funchal.

Poemas também trocamos
E a Ana foi prazenteira,
Divulgar os meus trabalhos,
Dedicados à Madeira.

Mais poemas se seguiram,
Ornados pela Ana Maria,
Que ela ilustrou para pôr,
Nos meus Ecos da Poesia.

Sinceramente agradeço,
Esta sua simpatia,
Que foi tão gratificante,
Obrigado Ana Maria!...

Autor: Euclides Cavaco