Alma Fadista

 

Ser fadista, é sempre alguém
Que não sabe viver, sem
Ter a guitarra a seu lado
E que ao ler, uma poesia
Que sirva p'ra melodia
Logo a transforma num fado.

Ser fadista, é expressar
Numa voz triste, a cantar
Da alma, o sentimento
É fazer sentir em nós
Pelo eco da sua voz
Suave contentamento.

Ser fadista, é devoção
De quem sente esta canção
Duma forma, bem sentida
É viver, a natureza
Desta gente portuguesa
Que ao fado deu guarida.

Ser fadista, é transmitir
A cantar, ou a ouvir
É ser sentimentalista
É vibrar de emoção
E entrar noutra dimensão,
É conter… alma fadista.


Euclides Cavaco